evolucao-da-tecnologia-e-sua-adocao-pelas-pequenas-empresas

    Ao longo dos últimos vinte e cinco anos, a tecnologia voltada à gestão empresarial passou por grandes evoluções: a popularização dos microcomputadores, a criação da internet, os smartphones, a computação em nuvem e agora a emergente inteligência artificial (A.I).

    Em contrapartida a busca dos empreendedores pelas soluções tecnológicas seguiu seu próprio caminho. Pouco da evolução dos softwares é aproveitada pelas pequenas empresas e normalmente seu uso se restringe a um ponto ou outro que resolva algum problema operacional ou legal.

    Quando começou-se a vender softwares gerenciais ainda estávamos na época da hiperinflação, ou seja, encarecimento rápido dos produtos. Por incrível que pareça, o principal motivo das pequenas empresas comprarem um software, era para ajudar nos constantes ajustes de preço. Desta forma, a ferramenta se limitava a ser uma tabela de preço eletrônica, com a função de ajuste de preço automático.

    Algo curioso da época, é que em sua maioria, os softwares já possuíam mais funções, porém, pouco utilizadas. Talvez com exceção do cadastro de clientes, que também teve seu destaque.

    Passados tantos anos, a situação é a mesma! A maioria dos softwares gerenciais são subutilizados por empresas de menor porte. Os destaques hoje são o controle de vendas e a emissão de nota fiscal eletrônica. O primeiro para se ter algum controle de quem comprou o quê, e o segundo por uma exigência legal.

    É difícil acreditar, porém, hoje em dia é normal negligenciar controles essenciais como: Gestão Financeira e do Estoque. Isso, em parte, se da a culpa aos desenvolvedores de softwares, que ainda teimam em achar que o usuário tem obrigação de entender de informática. Criando softwares complicados e nada autoexplicativos.

    A outra parte da culpa se dá aos empreendedores também! Afinal, a falta de visão e o senso da importância numa gestão técnica, acabam minando o tempo necessário para entender o uso das ferramentas. Com tantos outros problemas empresariais, a dificuldade é conseguir focar no que é importante, porém não urgente.

    Convenhamos que urgências nunca faltam em uma empresa. Temos as entregas que atrasaram, os produtos que acabaram e precisam ser repostos, as contas a pagar e os clientes inadimplentes. Note que não falei nem um terço das urgências que entre tantas outras dificuldades do dia a dia formam e caracterizam nosso senso.

    Se deixar abraçar pela tecnologia é algo que vai lhe dar maior controle da empresa e pode trazer grandes resultados para seu negócio, inclusive ajudar a resolver muitos dos problemas expostos acima. No entanto, exige um esforço inicial por parte de toda a empresa.

    Evoluir junto com a tecnologia realmente é um grande desafio. Geralmente todo grande desafio vem com muito esforço, e este,  deve começar por você proprietário do negócio. Afinal, você é o maior interessado no crescimento da empresa e obter o controle em suas mãos é a ferramenta para crescer.

    Ah, se precisar, nós aqui da SW podemos ler seus dados e dar insights de como agir.